Marketing digital no mercado imobiliário: o que você precisa saber
Marketing digital no mercado imobiliário: o que você precisa saber

Dica 13 Fevereiro 2020 Por Victoria Ferrari

Marketing digital no mercado imobiliário: o que você precisa saber

Se tudo está mudando, por que a venda de imóveis precisa continuar igual? A entrada do marketing digital no mercado imobiliário apenas indica uma tendência de negócio que todos os setores estão buscando, já que o nosso consumidor também não é mais o mesmo. Conhecendo as técnicas que vamos apresentar, você pode conhecer melhor o seu público e criar uma experiência de compra satisfatória do início ao fim do processo.

O setor imobiliário faz parte de uma área muito significativa para a economia brasileira, que vem sofrendo crises de estabilidade desde 2016. O mercado tem sido reaquecido com novos lançamentos imobiliários, mas ainda é preciso repensar o modus operandi das transações de compra e venda de imóveis como um todo. As empresas encontraram uma solução para isso em elementos do marketing digital. Continue lendo para descobrir quais são os melhores para você.

Ilustração com duas pessoas cada uma em seu computador e no centro duas mãos apertadas simbolizando um negócio fechado diretamente sem intermediários para a compra e venda de imóveis com o advento do marketing digital no mercado imobiliário
A experiência de compra e venda está cada vez mais digital e com os imóveis não é diferente

O que mudou com a era digital?

A aquisição de um imóvel possui uma das jornadas de compra mais longas, podendo chegar a até 90 dias desde a busca do imóvel até o fim da negociação. Corretores e imobiliárias têm reduzido esse tempo por meio da divulgação online, o que é muito bom. Entretanto, o problema vai além, porque só isso não é suficiente, já que o perfil de consumidor que temos hoje almeja uma experiência completa.

Para esses clientes, um imóvel vai muito além de um patrimônio e sua venda deve ser tratada da mesma forma. O teor imediatista que os corretores costumam ter com esse tipo de venda perde seu lugar para inovação na hora de conduzir o mesmo formato.

Por que investir no digital?

Em 2018, o Brasil foi considerado o 5º país em que os habitantes gastam mais tempo no celular, cerca de 3 horas por dia. Os dados foram retirados do Relatório Estado de Serviços Móveis, e revelam que, em comparação a 2016, o tempo gasto em smartphones aumentou em 50%. 

A tão conhecida praça do marketing deixou de estar em um lugar específico para ocupar todos os lugares. Isso significa que com novos hábitos de consumo, o usuário que estava acostumado a buscar por imóveis em jornais ou placas nas ruas agora começa sua jornada por meio do Google.

Ilustração com uma pessoa mexendo em seu celular simbolizando uma pesquisa no google onde está concentrada a intenção de compra das pessoas
A intenção de compra do usuário pode ser validada por meio do Google

Foco no público

A chegada da internet propiciou a busca de imóveis através de smartphones e computadores com os mais diversos filtros: metragem, número de quartos, bairros e muito mais. E para facilitar mais ainda, essas transformações influenciaram o crescimento de empresas que trabalham para desenvolver soluções inovadoras para a compra e venda.

Entra em cena o consumidor 4.0: louco por informação, curioso e que quer respostas rápidas! Desenhar as personas do seu negócio levando essas características em consideração ajuda você a conhecer melhor o seu público ou os seus públicos. A venda direta do mercado imobiliário tradicional com a era digital se torna uma venda consultiva, ou seja, ouvir o que o seu cliente tem a dizer é cada vez mais importante.

O que o usuário quer ver?

Usuários que estão na internet recebem muita informação o tempo todo, então esperam receber conteúdos de valor aprofundados e adaptados ao seu novo modo de consumo. Para utilizar o marketing digital no mercado imobiliário, aposte em casas e cidades inteligentes, e tecnologia que tenha como foco sustentabilidade e integração.

A indicação ainda é muito importante, mesmo na internet. Os clientes buscam empresas e serviços que já tenham sido validados por outros usuários. Em um imóvel, é importante trazer a opinião de especialistas no bairro de interesse, de antigos moradores e conhecer a boa reputação da construtora responsável pelo empreendimento.

Ilustração com pessoa avaliando um serviço como o Reclame Aqui, mostrando que com a era digital, o mercado imobiliário também é avaliado por meio de notas na internet
Ferramentas com o Reclame Aqui ajudam a avaliar o serviço e a reputação de construtoras

Marketing e vendas andam juntos

Mais do que gerar leads, o marketing digital no mercado imobiliário pode utilizar ferramentas importantes para que você seja capaz de criar uma relação com eles e fidelizá-los. É por isso que os times de marketing e vendas da sua empresa tenham estratégias integradas para lidar com os seus clientes.

Saber com quem você está falando ajuda a qualificar melhor seus leads e com isso definir os melhores canais para atuar. Isso proporciona soluções segmentadas que conquistam leads de diferentes formas com base em suas particularidades. Além disso, essas diferenças dizem muito sobre o tom que o atendimento terá, uma vez que não estamos mais falando em um atendimento que se limita ao telefone.

Como melhorar a experiência do cliente?

Pense que quem busca um imóvel deseja ter toda a informação na mão, então faça o possível para que ele só precise sair de casa quando for realmente necessário. Na hora de apresentar os imóveis, você pode apostar em visitas virtuais com tour 3D ou com imagens em 360º para otimizar a visita.

O comprador não tem tempo a perder, ele precisa de respostas imediatas! Para isso, você pode utilizar da inteligência artificial e criar chatbots que te ajudem com respostas mais instantâneas no atendimento até que sua equipe esteja pronta para ajudá-lo pessoalmente. Essas ferramentas ajudam a identificar as principais dúvidas dos clientes e podem ser otimizadas conforme seu uso.

Ilustração de pessoa com óculos de realidade virtual fazendo uma visita em um imóvel
Já é realidade visitar um imóvel sem sair de casa, apenas com o auxílio da realidade virtual

Como usar o marketing digital no mercado imobiliário?

Tráfego é fundamental se você quiser trabalhar com a internet, e para isso algumas ferramentas podem ser úteis na sua empresa. Conheça mais sobre inbound marketing e sobre como a produção de conteúdo pode ser útil para te ajudar a ranquear melhor nas buscas do Google sobre o seu nicho de atuação.

Planeje estratégias bem pensadas para as suas mídias sociais. Defina os melhores canais e que tipo de conteúdo será publicado ali. Crie um blog para oferecer informação de qualidade e tornar sua marca uma referência no mercado imobiliário. Não se esqueça de turbinar o seu site: páginas com informações claras e navegação dinâmica. Aposte nas landing pages de atração e em conteúdos responsivos e adaptáveis para diferentes dispositivos (computador, celular ou tablet).

Ilustração de pessoa fazendo planejamento de marketing digital para o mercado imobiliário
Cada empresa pede uma estratégia diferente. Pense bem antes de definir a sua

 

Quer saber mais sobre uma startup que respira inovação e tem como seu maior objetivo alcançar a felicidade do seu cliente por meio de uma negociação imobiliária rápida segura, eficiente e livre de intermediários?

Instagram