Quais os custos na compra de um imóvel?
Quais os custos na compra de um imóvel?

Como comprar 21 Janeiro 2020 Por Naiara Cavalcanti

Quais os custos na compra de um imóvel?

O sonho da casa própria está diretamente relacionado a oferecer um espaço acolhedor e seguro para construir memórias com os entes queridos, mas você sabe todos os gastos que estão envolvidos nessa aquisição? Muito além do valor da propriedade, há tributações e taxas a serem pagas. Portanto, leia com atenção este artigo para tomar uma decisão mais consciente na hora de comprar um imóvel.

Entenda o seu orçamento

Antes de mais nada, é essencial que você determine um orçamento para a compra da sua casa própria. Qual será o investimento? Será que você lembrou de colocar todas as contas na ponta do lápis?

Compreendendo qual o valor máximo que você destinará à compra, você consegue orçar o valor total que você pagará para finalmente chamar o imóvel de seu. Os gastos adicionais, referentes à tributos e taxas cartoriais, podem variar de acordo com a região, a compra e outros. Por isso, é importante conhecer cada tipo de gasto adicional e não esquecer de somar o valor total da compra. 
 

Todos os gastos são importantes na hora de calcular a compra do seu imóvel

 

Conheça agora todos esses gastos e a que eles se referem:
 

Comprando com a imobiliária

Ao escolher comprar um imóvel com imobiliárias, você opta por ter um intermediário, o corretor de imóveis, que irá te assessorar em todo o processo de negociação. O principal gasto envolvido na hora de procurar um local para comprar é o das comissões imobiliárias ou taxas de corretagem. 
Tanto para quem vende como para quem compra, a taxa é cobrada, sendo que ela geralmente gira em torno de 7%, podendo chegar a uma porcentagem até maior. Quando a venda é feita com o corretor, isso gera um preço de venda do imóvel mais alto, visto que muitas vezes os profissionais já adicionam o valor da porcentagem ao valor final de venda. Portanto, o comprador também é prejudicado. Além de ter que pagar uma porcentagem abusiva, ainda se deparam com imóveis caros e que são um mau negócio para ambas as partes.

Comparação entre o valor cobrado pelas imobiliárias e o nosso custo destinado ao marketing

 

Comprando diretamente com o dono, você conta com todas as facilidades COMDONO e ainda tem a possibilidade de comprar um imóvel mais barato.

Nós cobramos 1,5% dos proprietários, portanto, uma vez que estes passarão a pagar menos pela ajuda com o anúncio de seus imóveis, o valor de venda também cai. Assim, você consegue, inclusive, negociar de forma mais fácil e positiva com os proprietários. Compre COMDONO e exclua este gasto de sua lista!

Financiando um imóvel

No caso de realizar um financiamento com alguma instituição bancária, você precisará ter já, de antemão, o valor da entrada.

Cada banco tem suas condições e recentemente o Santander anunciou o aumento do limite do valor de financiamento imobiliário para 90%, sendo a única instituição a oferecer tais condições, mas lembre-se de que uma entrada maior garante mais vantagem nas condições de financiamento que os bancos lhe oferecerão. Portanto, se você for comprar um imóvel de R$ 300 mil, por exemplo, você já precisará ter à disposição pelo menos R$ 30 mil. Essa conta ainda assim não pode deixar de fazer parte da planilha de gastos e estar somada ao seu orçamento total previsto.

Além disso, será preciso estar atento também à vistoria do imóvel por parte de um engenheiro, obrigatoriedade para a modalidade de financiamento imobiliário e que varia de acordo com cada prestador de serviço, e às parcelas do financiamento e possíveis reajustes nestas.

Uma dica fundamental é ler melhor sobre o financiamento imobiliário e como realizá-lo para não ser pego de surpresa. Aqui em nosso blog já te contamos um pouco mais sobre o assunto neste artigo produzido pela nossa equipe. Aproveite também para já realizar uma simulação de financiamento em nosso próprio site e conhecer melhor os valores aos quais deve se atentar.

Os elementos de um financiamento são a entrada, o prazo, o valor da parcela e a taxa de juros

 

Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI)

Este imposto é uma tributação municipal ou distrital que é devida com a aquisição de um imóvel para realização da transferência e decreto da escritura pública de compra e venda, que somente ocorrem após o pagamento do ITBI. O seu valor incide no valor total da transação em questão e varia de acordo com cada localidade. No caso do Distrito Federal, a alíquota do ITBI é de 3%, determinada lei distrital de 2006, a Lei nº 3.830/2006.

Segundo a lei distrital, o cálculo do ITBI é dado em cima do valor venal do bem, ou seja, a estimativa estipulada pelo Poder Público sobre o valor de bens como o caso de imóveis. Porém, a justiça ainda entende algumas documentações, como contrato de promessa de compra e venda e a falta de clareza quanto à estipulação do valor venal, como critérios fundamentais na determinação do cálculo do imposto.

Recentemente, um caso foi julgado no DF referente à cobrança indevida do ITBI. Portanto, atente-se ao valor devido e como foi feito seu cálculo e assegure-se, também, de estabelecer um contrato de promessa de compra e venda com o dono do imóvel de forma bem completa.

Baixe nosso eBook “Como fazer um contrato de compra e venda?” para conhecer melhor as formas de estabelecer um contrato de promessa de compra e venda do imóvel.

Escritura pública da negociação

Imóveis financiados não passam por esta etapa de escrituração. Isso porque entende-se que o contrato entre o banco e o beneficiado pelo financiamento imobiliário assume o papel da escritura. Já no caso de imóveis comprados à vista, deve-se realizar a escritura pública de compra e venda para decretar a transferência do bem para o comprador. Esta pode ser feita em qualquer cartório de notas, não precisando ser, necessariamente, no mesmo local do imóvel adquirido ou do domicílio das partes, vendedor e comprador.

Além disso, hoje já é possível realizar a solicitação da transferência de escritura de forma totalmente digital, por meio do programa Escritura Simples, tornando necessária a presença em cartório somente para assinatura e finalização do processo. Todavia, é importante consultar o cartório escolhido para ver os valores referentes à escritura.
E vale lembrar que para a realização da escritura, alguns documentos são necessários, podendo, ainda, gerar mais custos adicionais. Para conhecer a lista completa da documentação, acesse este artigo da Central de Ajuda do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT).

Registro do imóvel

Após ter pago o ITBI, com custo de 3% do valor do imóvel, e estar com a escritura pública assinada por ambas as partes em mãos, é preciso registrar o imóvel em seu nome para se tornar, oficialmente, o novo proprietário do imóvel.

Antes de realizar o registro, é preciso conferir algumas documentações para constar se está tudo certo com o imóvel. Neste caso, os documentos dizem respeito à casa ou ao apartamento e ao vendedor, sendo o principal a Certidão de Ônus Reais, que garante se o imóvel está ou não apto a ser negociado.

Assim, com o registro feito, o comprador (e novo dono) está assegurado de quaisquer circunstâncias relativas ao imóvel e a proprietários passados. Da mesma maneira que com a escritura pública, o valor do registro do imóvel varia de acordo com a localidade e o cartório.

O registro só pode ser feito depois que você pagar o ITBI e estiver com a escritura em mãos

 

Fique atento a outros possíveis gastos

Ainda é possível que você tenha que vir a arcar com outros gastos adicionais, como dívidas que não eram do seu conhecimento na hora da compra, custos envolvidos em pequenos reparos e/ou grandes reformas que sejam necessárias no imóvel e, enfim, os gastos para a realização da mudança para a sua nova casa. Portanto, esteja atento a todas essas questões para não ser pego de surpresa.

Confira as documentações do imóvel e do proprietário

Lembre-se que se um bem tiver dívidas atreladas a ele e você o adquirir, mesmo passando por essa mudança e sendo o novo dono, você basicamente irá herdar as dívidas associadas a seu novo imóvel. Portanto, em alguns casos, é recomendável ir atrás das documentações do imóvel e do comprador para conferir se você não se deparará com eventuais gastos não planejados. E estas podem gerar diversos custos não planejados no seu orçamento.
Comprando um imóvel no COMDONO, você tem a garantia de que o imóvel que está comprando está com toda a documentação em dia. Nossos imóveis passam por uma moderação em que as documentações da propriedade e do vendedor são conferidas, oferecendo, assim, maior segurança e confiança para que você possa realizar a compra da sua casa dos sonhos.

Observe bem o imóvel durante a visita

Ao encontrar uma casa que você acha que é ideal para você e a sua família, você certamente irá marcar a visita para conhecer a casa que pode passar a ser, em breve, sua. E, nessa hora, é imprescindível que você siga algumas dicas para ter uma visita eficiente e que constate de antemão se aquela casa provavelmente te dará ou não gastos adicionais. Existe algum sinal de infiltração? O piso está irregular?
Todas essas questões podem acabar se tornando um valor a mais no investimento para conquistar a sua casa dos sonhos, portanto, não deixe de prestar atenção atentamente aos detalhes do imóvel. Recentemente escrevemos sobre como se preparar para a visita a um imóvel e clicando aqui você confere mais sobre o que fazer e como se precaver de eventuais problemas após a aquisição de seu novo lar.

Confira se o imóvel e o proprietário estão livres de dívidas antes de fechar negócio

Compre COMDONO: mais segurança, confiança e conforto

Além de ter a certeza de estar comprando um imóvel com toda a documentação conferida, ao comprar um imóvel no COMDONO você conta com uma equipe que está à sua disposição para sanar dúvidas e te assessorar no processo de compra, caso haja necessidade.

Nossos imóveis contam com imagens de alta qualidade, representando fielmente as condições dos mesmos, sendo possível já conferir vários detalhes antes mesmo de precisar fazer uma visita presencial. Assim, você não perde tempo indo visitar imóveis que não são a sua cara ou não atendem às suas necessidades. 

Está esperando o quê? Comece já a buscar uma casa para chamar de sua e realize uma simulação de financiamento imobiliário em uma ferramenta exclusiva COMDONO.

O seu novo lar está mais perto do que você imagina!

Instagram